sexta-feira, 7 de outubro de 2011

CHOVE CHUVA

Chove chuva molhando toda terra,
Chove chuva dando vida a novo ser,
A semente a germinar, o orvalho a cair,
O galho seco a brotar, o broto a florescer.

O tempo muda, aparece as nuvens densas,
O sol já foi, e eu aqui a me lembrar,
E as famílias que moram em casebres,
Como estarão ou ficarão
Se a chuva copiosa não parar ?

Um comentário:

  1. quantos estão desabrigados e quem pode nada faz,

    ResponderExcluir